Essa pagina depende do javascript para abrir, favor habilitar o javascript do seu browser!
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > VII JORNADA DE ETNOMUSICOLOGIA e V COLÓQUIO AMAZÔNICO DE ETNOMUSICOLOGIA
Início do conteúdo da página

VII JORNADA DE ETNOMUSICOLOGIA e V COLÓQUIO AMAZÔNICO DE ETNOMUSICOLOGIA

Acessos: 590

VII JORNADA DE ETNOMUSICOLOGIA E  V COLÓQUIO AMAZÔNICO DE ETNOMUSICOLOGIA

 ETNOMUSICOLOGIA EM TEMPOS DE PANDEMIA: NO ENSINO, NA PESQUISA E NA EXTENSÃO

 

 

Apresentação

 

O Laboratório de Etnomusicologia (LabEtno), da Universidade Federal do Pará (UFPA), do qual fazem parte o Grupo de Pesquisa Música e Identidade na Amazônia (GPMIA) e o Grupo de Estudos sobre Música no Pará (GEMPA), ambos da UFPA, e o Grupo de Estudos Musicais da Amazônia (GEMAM), da Universidade do Estado do Pará (UEPA), tem como objetivo principal congregar e apoiar as pesquisas na área de etnomusicologia no PPGARTES/FACULDADEDEMÚSICA/EMUFPA/UFPA/UEPA. Os específicos são: proporcionar organismo estruturado de apoio a pesquisas etnomusicológicas desenvolvidas na UFPA; acomodar acervo já existente e oferecer suporte para a sua constante alimentação; e fomentar/produzir conhecimento sobre música na Amazônia. Tem como metas principais: manter arquivo de registros sonoros e de texto disponíveis à comunidade; incrementar e potencializar o desenvolvimento da área da etnomusicologia no Norte do Brasil; realizar ações de pesquisa e extensão com as diversas conexões musicais do Estado e da Região; estabelecer pontes entre a Academia e os mestres e sabedores musicais do Estado e da Região, e promover eventos, cursos, workshops, oficinas e afins com vistas ao incremento da disciplina.

Entre os eventos realizados pelo LabEtno destacam-se a Jornada de Etnomusicologia, com seis edições realizadas, e as duas últimas edições do Colóquio Amazônico de Etnomusicologia (de um total de quatro), que ocorreram de modo casado com a Jornada. O evento proposto, também casado, correspondente à VII edição da Jornada e à V do Colóquio. Ocorrerá em três dias, contando, em especial, com a participação de pesquisadores, professores, estudantes e músicos da Região Norte, mas também abrindo espaço para colaborações nacionais e internacionais. Estruturada em torno de conferências, palestras, comunicações de pesquisas, apresentações musicais, debates com Mestras e Mestres da cultura popular e produção de Anais, a Jornada de Etnomusicologia vem avançando no sentido de consolidar-se como acontecimento importante da área no Brasil.

A Jornada demarca um diferencial no Norte do Brasil, em razão de ser um evento ao mesmo tempo pioneiro, em termos regionais, e de reconhecimento nacional dentro da área da Etnomusicologia, destinado à socialização de pesquisas desenvolvidas nos âmbitos da graduação e pós-graduação em Música, prioritariamente, assim como fomenta a divulgação da produção científica, ampliando a produção de textos acadêmicos em língua portuguesa e sobre contextos regionais, nacionais, e até internacionais. Ainda, como distintivo de inovação metodológica, considera-se a perspectiva de descolonização do saber, na medida em que se oportuniza o diálogo da Academia com Mestres da tradição oral. Estes vêm colaborando com pesquisas desenvolvidas no LabEtno e nos Grupos de Pesquisa associados, inclusive ministrando disciplinas, palestras e workshops, em parceria com professores da UFPA e da UEPA.

Já o Colóquio Amazônico de Etnomusicologia, que nasceu na UEPA por iniciativa do Grupo de Estudos Musicais da Amazônia (GEMAM), passou a acontecer juntamente com a Jornada de Etnomusicologia na medida em que o LabEtno se tornou uma instância agregadora dos Grupos de Pesquisa das duas IES. Assim sendo, o Colóquio uniu-se ao perfil e aos propósitos da Jornada de Etnomusicologia mencionados anteriormente.

No que diz respeito à produção científica regional, ressalta-se a relevância da Jornada de Etnomusicologia e do Colóquio Amazônico de Etnomusicologia como meios privilegiados de divulgação, socialização e registro de pesquisas recentes que, além de corroborarem à consolidação, no Pará e na Amazônia, da Etnomusicologia e de diversas searas da ciência com as quais a disciplina faz interface, trazem à tona discussões contemporâneas de interesse público, tais como a sustentabilidade regional por meio de manifestações culturais e musicais expressivas, a patrimonialização de bens culturais imateriais, a construção de identidades musicais, o desenvolvimento do turismo cultural, a valorização de saberes e fazeres tradicionais e de minorias, entre outras que tocam o desenvolvimento do Estado paraense, especialmente nos âmbitos cultural, econômico e social.

Em decorrência da pandemia da Covid-19, em 2020, o evento ocorrerá em ambiente virtual. A conferência, mesas redondas e apresentações artísticas acontecerão em forma de lives no YouTube do Laboratório de Etnomusicologia da UFPA (https://www.youtube.com/channel/UCwad8EnXx0sFXEIfjhIh9pQ). As apresentações das comunicações serão disponibilizadas, no mesmo canal do YouTube, no primeiro dia do evento. Estas, serão enviadas em vídeos gravados pelos autores conforme instruções nas normas de submissões. O público poderá interagir de forma assíncrona, na área de comentários dos vídeos no YouTube e de forma síncrona via Google Meet, durante a programação do evento. As comunicações serão subdivididas e organizadas em sessões a serem divulgadas previamente após o período de avaliação.

 Chamada de Trabalhos





Fim do conteúdo da página